22 de setembro de 2009

Ser mãe segundo o coração de Deus



Olá queridas!

Na reflexão de hoje falaremos sobre a grande maravilha de ser "Uma mãe segundo o coração de Deus".
Gostaria que todas lessem - quem ainda não tem filhos e quem já os tem, naturais ou não.

Em primeiro lugar, ser mãe é ser mulher. É algo intrínseco à característica mais particular que só a mulher traz em si.

Ser uma mãe segundo o coração de Deus...


É ser única em meio a milhares.
É ter o dom sobrenatural de ser mulher e poder gerar um filho homem.
É a tradução perfeita do que significa "amor".
É amar incondicionalmente.
É sentir que algo está errado.
É querer mudar o mundo.
É deixar de ser uma e passar a ser duas, três, quatro...
É ter a chance de voltar a ser criança.
É ter os olhos desanuviados e passar a enxergar coisas que antes não se via.
É ter o coração banhado por um amor tão puro que passamos a ser sensíveis a pequeníssimas coisas.
É sofrer quando os filhos sofrem e sorrir quando eles sorriem.
É ser criatura e criadora.
É ter obediência à Palavra de Deus.
É saber ouvir seus filhos.
É perseverar na fé e crer que, para Deus, nada é impossível.

Queridas, ser uma mãe segundo o coração de Deus é deixá-Lo reinar no seu coração e na sua casa - e este é um grande problema nos lares hoje em dia: a absoluta falta de valores espirituais e morais.

A formação da personalidade começa em casa, na disseminação dos valores e na boa educação.
É preciso também ouvirmos nossos filhos.
Muitas vezes olhamos para eles apenas como crianças ou adolescentes cujas razões não nos interessam e pensamos que pela idade e pelo status de mãe sempre temos razão. Muitas vezes erramos, queridas.
Quantas vezes erro como mãe!
Entretanto, quando vejo que errei, imediatamente peço perdão aos meus filhos, Guilherme de 8 anos e Ana Beatriz de 1 ano e meio.
O importante é reconhecer o erro e pedir perdão.
Você não terá menos autoridade ou será menos respeitada por pedir perdão. Ao contrário, seu filho verá que mãe de caráter ele tem por reconhecer que errou e pediu perdão por não ter agido corretamente.
Ser uma mãe segundo o coração de Deus é crer que Deus pode tudo. Qualquer que seja seu problema, querida, creia que Papai é um Deus de amor, maravilhoso e quando ninguém pode, Ele pode tudo!!! É preciso crer e buscá-Lo!

Amada, se você ainda não é mãe, esta reflexão também é para você, pois você é filha e foi gerada em um ventre materno!
Você veio ao mundo porque Deus quis que você nascesse. Ele planejou tudo. Ainda que em sua vida tenha havido tribulações, você está aqui por que o Senhor disse que seria assim. Busque-O e confie sempre.

Aproveito a oportunidade para prestar uma homenagem a minha mãe, Tereza.

Mãezinha querida,
passamos juntas por muitas dificuldades - só Deus e nós sabemos.

Enfim, passou e vencemos!
Peço-lhe perdão pelas noites sem dormir e por alguns cabelos brancos.

Hoje compreendo nossas diferenças e entendo quando me falava: "você só vai entender o que é isso quando você tiver filhos!".

Entendo perfeitamente e agora sou eu quem fala isso..rsrs

Louvo a Deus pela sua vida.
Tornei-me mãe e agradeço a Deus por essa dádiva.
Te amo tanto que dói no peito.
Que Deus te abençôe, te guie e esteja sempre com você.

Um grande beijo da sua filha!

Queridas, até a próxima reflexão e fiquem com Deus!

Beijos


6 comentários:

  1. Minha filha querida, vc não tem que pedir perdão por nada, tudo que fiz foi com muito amor e voce só me deu alegrias. Linda sua mensagem, e qdo diz que esse amor dói no peito é a mais pura verdade. Dói mesmo, é o amor mais louco que já provei e posso afirmar que sou uma mulher totalmente realizada com os filhos que Deus me deu. Agradeço sempre ao Pai por voce e pelo Rô, e peço também para que Ele os abençoe sempre. Eu os amo profundamente. Beijinhos ,

    Mamãe

    ResponderExcluir
  2. Que bela iniciativa, Fê! Excelentes reflexões.
    Que coisa boa foi rever tia Alice, Ronaldo, e conhecer você, uma pessoa tão especial. Fico feliz que Deus tenha colocado de volta em minha vida pessoas tão boas.
    Uma pena a distância, mas isso não é problema, mesmo assim podemos trocar reflexões, experiências e manter uma boa amizade.
    Tudo de bom para vocês.
    beijos
    P.s. E o Gui, como está? Beijinhos nas crianças.
    Estarei acompanhando seu blog.

    ResponderExcluir
  3. Ser mãe tem sido uma experiência lindissíma que tenho vivido! Mesmo antes da Nicole ser concebida eu já a amava...e de acordo que a barriga ia crescendo e depois de cada ecografia meu amor ia aumentando e tornando-se real...Hoje ela tem 1 ano e 10 meses e é a menina mais linda e amorosa que já convivi...eita amor lindo! ela é minha companheirinha vou com ela em todo canto...Agradeço ao meu DEUS porque ela é promessa Dele na minha vida! e por ser tão feliz em te-la ao meu lado! Eu já amava minha mãe, depois de ser mãe meu amor por ela se multiplicou e nossa convivência está melhor a cada dia!

    ResponderExcluir
  4. Queridas, obrigada pelos comentários.
    Vocês são mulheres únicas e abençoadas!
    Que Jesus esteja sempre com vocês.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ser Mãe é algo sobrenatural...
    Entrei para esse grupo a pouco tempo, mas é a melhor coisa que ja experimentei na minha vida, gostei muito da reflexão de hoje e vou usar com o João sim qdo precisar, eu sempre em minhas orações peço ao E.S para me ensinar a educar e ensinar meu filho dia a dia da forma que agrada a Deus.

    Um grande abraço e até mais...

    ResponderExcluir